Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Presidente sul-africano homenageia vítimas da primeira guerra mundial

O Presidente sul-africano, Cyril Ramaposa, acaba de prestar homenagem às vítimas do naufrágio de SS Mendi, ocorrido a 21 fevereiro de 1917 no canal de Mancha, constatou a PANA no local.

Ramaphosa aludia quarta-feira último ao navio britânico transportava a seu bordo essencialmente soldados negros quando foi percutido por um navio comercial ao largo da ilha de Wight na madrugada de 21 de fevereiro de 1917.

O Mendi deixou a cidade do Cabo com um contingente de 823 homens do quinto batalhão da SANCL (Corpo dos Trabalhadores Sul-africanos Genuínos) para participar no esforço de guerra em França, escalando Lagos, na Nigéria, onde um canhão de marinha foi instalado na sua popa.

Dirigiu-se depois a Havre, no norte de França, escoltado pelo navio britânico HSM Brisk Acorn-Class Destroyer quando a colisão ocorreu.

Pelo menos 646 pessoas, essencialmente soldados sul-africanos perderam a vida. Este naufrágio foi uma grande perda para o Exército sul-africano e uma das maiores catástrofe marítimas do Século XX nas águas britânicas.

Para Ramaphosa, os soldados sul-africanos pagaram “o inestimável preço” para defender a liberdade, paz e justiça no país.

“É um dia que nos lembra que o sangue de vários Sul-africanos e combatentes da liberdade foi derramado para nos garantir a nossa liberdade e os nossos direitos humanos”, regozijou-se o novo chefe de Estado.

Na sua ótica, isto lembra igualmente que “homens e mulheres corajosos continuam a pôr a sua vida em perigo pelas nossas liberdades duramente adquiridas e defender a nossa Constituição”. (Panapress)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »