Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Filha mata mãe à catanada na Huíla

Uma cidadã de 22 anos é acusada de ter morto a sua mãe, de 66 anos, à catanada, por volta das 8 horas de Sábado, na comuna da Huila, a 20 quilómetros a sul da sede do município do Lubango, revelou, ontem, o porta- voz em exercício do Comando da Polícia Nacional nesta província.

Após se recuperar de um ataque de epilepsia, segundo o inspector Luís Filipe Zilungo, a jovem desferiu vários golpes na região craniana da anciã, causando a sua morte imediata. Com esta acção bárbara, a acusada, cujo nome não foi revelado, surpreendeu os habitantes da localidade de Mumbango.

“Ela empunhou um instrumento corto-perfurante (catana), com o qual desferiu vários golpes tendo atingido a região craniana, o que causou a morte imediata” explicou. Acrescentou, de seguida, que “a acusada já está detida”. Já no Domingo, as forças da Ordem foram chamados a remover uma jovem de 32 anos de idade que foi encontrada morta no interior da sua residência, sita no Bairro Comandante Nzage, arredores da cidade do Lubango, província da Huíla.

O facto foi comunicado à Policia Nacional pelos moradores da mesma zona que, ao notarem a ausência dela, arrombaram a porta da residência e a encontraram estatelada. Segundo o inspector Luís Zilungo, que fazia o balanço das últimas 72 horas, o crime ocorreu por volta das 20 horas de Domingo, 18, e os seus presumíveis autores ainda não foram identificados. “Há probabilidade de que ela tenha morrido por asfixia”, disse.

Luís Zilungo declarou que a Polícia está a trabalhar no sentido de identificá-los e os capturar para que sejam responsabilizados criminalmente. No mesmo período (de Sexta a Domingo), o Comando Provincial da Polícia Nacional da Huíla registou a ocorrência de 12 crimes de natureza diversa, menos sete que no igual período anterior. Segundo o porta-voz em exercício, a prática destes crimes resultou na detenção de sete cidadãos nacionais.

Quanto à sua tipicidade, estão classificados em dois homicídios, injúria contra a autoridade, dois casos de fogo posto, três ofensas corporais e quatro furtos. O município do Lubango continua a ser o mais delituoso. Só neste fim-de-semana, foi “palco” de sete crimes diversos, seguido dos municípios de Caconda, Caluquembe, Gambos e Cacula. (O País)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »