Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

XII cimeira da CPLP marcada para 17 e 18 de julho em Cabo Verde

A XII cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) vai decorrer a 17 e 18 de julho na ilha do Sal, Cabo Verde, disse esta segunda-feira à Lusa fonte da organização.

A XII conferência de chefes de Estado e de Governo, na Vila de Santa Maria, ilha do Sal, vai marcar a transição da presidência ‘pro tempore’ da comunidade lusófona do Brasil para Cabo Verde.

Antes do encontro de chefes de Estado e do Governo dos países lusófonos, decorrerão reuniões do conselho de ministros, do comité de concertação permanente e dos pontos focais de cooperação, adiantou a mesma fonte.

A realização da conferência de chefes de Estado e de Governo coincide com o aniversário da CPLP, que a 17 de julho cumpre 22 anos de existência.

A última cimeira decorreu em Brasília, capital do Brasil, a 31 de outubro e 1 de novembro de 2016, quando a presidência brasileira assumiu como prioridade a implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (Agenda 2030, definida pelas Nações Unidas).

Os países aprovaram também, nessa ocasião, a nova visão estratégica, que define o rumo da CPLP na próxima década, apontando como principais apostas a “cooperação económica e empresarial, segurança alimentar e nutricional, energia, turismo, ambiente, oceanos e plataformas continentais, cultura, educação e ciência, tecnologia e ensino superior”.

O documento prevê ainda o reforço dos mecanismos para facilitar a circulação de pessoas dentro do espaço lusófono, uma proposta que teve a iniciativa de Portugal e Cabo Verde.

Além disso, a CPLP deve também reforçar a cooperação com os países que têm estatuto de observador associado da organização (Hungria, República Checa, Eslováquia, Uruguai, ilha Maurícia, Namíbia, Senegal, Turquia, Japão e Geórgia).

A CPLP é composta por Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. (Observador)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »