Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Dinheiro chinês paga um quinto das estradas e das obras de energia e águas do OGE 2018

Este ano os investimentos inscritos no Programa de Investimentos Públicos rondam os 894,9 mil milhões Kz (4,3 mil milhões USD), uma quebra de 7,4%, face a 2017. Os ministérios da Energia e Águas e da Construção e Obras Públicas têm a maior fatia, enquanto Luanda é a província que mais verbas recebe.

A Linha de Crédito da China (Lcc) vai financiar 29% dos projectos de reabilitação de estradas e 20% das obras de construção de infra-estruturas do sector da energia e águas inscritos no Programa de Investimentos Públicos (PIP) em 2018, de acordo com cálculos do Expansão com base no Orçamento Geral do Estado para 2018.

Contas feitas, o crédito chinês vai financiar 13% dos 894,9 mil milhões Kz (4,3 mil milhões USD) do total do PIP, o equivalente a 117 mil milhões Kz (565 milhões USD).

A Linha de crédito chinesa vai financiar 29% do total da verba destinada aos projectos do Ministério da Construção e Obras Públicas, ou seja, o equivalente a 47,1 mil milhões Kz (227,6 milhões USD) dos 165 mil milhões Kz. Os projectos deste ministério financiados pela Lcc são somente para reabilitação de estradas um pouco por todo o País. Este tipo de intervenção nos municípios do Cuanza Norte é o projecto mais caro deste ministério a ser financiado pela China, com um custo de 3,1 mil milhões Kz.

O Ministério da Energia e Águas vai receber a segunda maior fatia dos financiamentos chineses em 2018, um total de 20% dos 350,1 mil milhões Kz disponíveis a este ministério, correspondendo a 70,5 mil milhões Kz. Entre os projectos, estão a reabilitação e ampliação de sistemas de abastecimento de água e electrificação nas províncias do Bengo, Bié, Cabinda, Cuando Cubango, Luanda, Lunda Norte, Malanje, Huíla, Huambo e Namibe. (Expansão)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »