Smiley face

Aldeias da comuna de Canhoca privadas de água

0 333

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Quinhentos habitantes de oito localidades da comuna de Canhoca, município do Cazengo, província do Cuanza Norte, estão privados do abastecimento de água potável há mais de dois meses devido a avarias registadas nos sistemas de distribuição.

A informação foi prestada hoje, segunda-feira, à Angop, pelo administrador comunal em exercício da Canhoca, António Domingos Bernardo, indicando as localidades de Cambela, Queta, Pedreira, Luinha, Kissecukla, Camassai, Protótipo e Cambonda, como as aldeias privadas do fornecimento de água.

Referiu que algumas aldeias estão privadas do abastecimento de água devido ao estado absolecto das condutas de distribuição e outras por falta de combustíveis para o funcionamento dos geradores eléctricos que alimentam as captações de água.

Sublinhou que a administração local em conjunto com as autoridades municipais estão já a trabalhar para a reposição, brevemente, do fornecimento de água nessas localidades com a aquisição de combustível para abastecer os geradores e recuperação das condutas obstruídas.

A comuna de Canhoca, habitada por cerca de cinco mil pessoas, dista 38 quilómetros de Ndalatando, sede capital da província do Cuanza Norte, e é a única pertencente ao município de Cazengo. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »