Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

ONU espera mais 200 mil refugiados do Sudão do Sul no Sudão em 2018

Cerca de 200 mil novos refugiados do Sudão do Sul são esperados durante este ano no Sudão, fugindo do conflito mortífero e da fome no seu país, indicou hoje a Organização das Nações Unidas (ONU).

Nascido em 2011, depois da sua separação do Sudão, o Sudão do Sul caiu no final de 2013 em situação de guerra civil, que provocou dezenas de milagres de mortos, cerca de quatro milhões de deslocados e provocou uma crise humanitária catastrófica.

Numerosos acordos de cessar-fogo foram assinados desde então entre o presidente Salva Kiir e o seu rival, o antigo vice-presidente Riek Machar, sem serem respeitados.

O Sudão já acolhe 417 mil refugiados sul-sudaneses, segundo a ONU.

Segundo os últimos números do serviço da ONU para a coordenação dos assuntos humanitários (OCHA, na sigla em Inglês), cerca de mais 200 mil refugiados devem chegar ao Sudão em 2018.

“A continuação dos combates, a assistência humanitária limitada e a insegurança alimentar forçam os sul-sudaneses a procurar refúgio e acesso a alimentação, bem, como aos serviços básicos, nos países vizinhos”, segundo um comunicado da OCHA.

“O governo sudanês mantém uma política de fronteiras abertas para os refugiados”, destacou ainda a OCHA. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »