Detido casal acusado de “pior morte” provocada a uma criança

Casal sofre de problemas de ansiedade, depressão e stress.

Um casal do Michigan, nos Estados Unidos, foi detido pela polícia, acusado de ter protagonizado “o pior abuso” a uma criança, que os médicos já viram.

Candice Diaz, de 24 anos, e o namorado Brad Fields, de 28, foram acusados pela morte da filha de quatro anos da mulher, Gabrielle.

O casal foi surpreendido numa autoestrada em Lake Park, Georgia, pela morte da criança que aconteceu a 1 de janeiro. Estariam em fuga desde esse dia.

A menina foi colocada numa banheira com água a ferver, enquanto a mãe fazia panquecas no quarto ao lado. Quando Candice foi buscar a criança esta teria a pele já completamente queimada e entrado em paragem cardiorrespiratória. O casal terá demorado 40 minutos a ligar para a polícia.

As autoridades encontraram o corpo da criança no primeiro dia do ano, com a pele de tal forma desfeita que parte dela já estaria a escapar pela tubagem.

A mãe foi diagnosticada com bipolaridade, stress pós-traumático, depressão e ansiedade. Já o namorado sofrerá de ansiedade, agorafobia, stress pós-traumático e esquizofrenia.

O casal será julgado por homicídio, assassinato e abusos e torturas infantiis, de acordo com o Daily Mail. (Notícias ao Minuto)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »