Concentração para ato pró-Lula na Avenida Paulista é barrada pela Justiça

Manifestação prevista para acontecer na Avenida Paulista logo após julgamento do ex-presidente não foi permitida pela Justiça.

Os militantes iriam se encontrar em frente ao Masp, local comum de concentração de manifestações na capital paulista. Após o ato, um discurso do ex-presidente seria realizado.

A organização da Frente Brasil Popular e da Frente Povo sem Medo, porém, não foram autorizadas para a realização da do protesto. A ideia agora é convocar uma concentração para a para a Praça da República e marchar até a Paulista.

Em nota, os organizadores mantém a ideia de realização do ato e criticam o fato de terem sido barrados.

Os militantes tentaram negociar com a Polícia Militar para que o ato fosse permitido, porém foi negado.

“Quem julga que impedirá a manifestação de milhares de trabalhadores, trabalhadoras, mulheres, jovens, negros e negras em defesa da democracia está muito enganado. As ruas de São Paulo serão testemunhas de mais um episódio de luta do povo brasileiro em defesa da justiça e do Estado Democrático de Direito”, afirmaram os movimentos em nota. (Sputnik)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »