Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

CHAN’2018: Angola e Camarões jogam cartada decisiva

As selecções de Angola e dos Camarões defrontam-se, neste sábado, para a segunda jornada do grupo D do CHAN’2018, que decorre em Marrocos, jogo este que poderá decidir a continuidade ou não, na prova, dos Leões Indomáveis.

Depois da derrota na estreia frente ao Congo Brazzaville, por 0-1, os camaroneses tudo farão para contrariar os intentos dos angolanos, que também precisam vencer para manter viva as chamas do apuramento aos quartos-de-final.

Uma partida de extrema dificuldade para os dois combinados, sendo aguardada com grande expectativa pelos amantes do desporto, em geral, e do futebol, em particular.

Em caso de vitória da selecção nacional, os pupilos do técnico Rigobert Song ficariam arredados da fase seguinte, pois averbariam a segunda derrota consecutiva.

Os Palancas Negras, com o empate a zero com o Burkina Faso na primeira jornada, onde efectuaram uma excelente exibição, pecando apenas na finalização, estão com os níveis motivacionais altos, por isso vão tentar obstaculizar o máximo o favoritismo teórico dos Leões Indomáveis, 45º no ranking da FIFA. Angola está no 141º lugar.

Pelo que a Angop apurou durante os últimos três dias de treinos, o seleccionador Srdjan Vasiljevic poderá manter o onze da partida inaugural, nomeadamente Landu, Wilson, Nary, Mira, To Carneiro, Almeida, Herenilson, Paty, Job, Vá e Fofó.

O desafio acontece às 16h30, em Agadir, cidade sede do grupo D.

Esta é a terceira vez que as duas selecções se cruzam em fases finais desta prova para jogadores internos, com uma vitória para cada.

Na sua primeira participação, em 2011, no Sudão, onde foram vice-campeões, os Palancas Negras eliminaram, nos quartos-de-final, os Leões Indomáveis, por 8-7, aos penaltis, após rigoroso empate a zero no tempo regulamentar.

Já na segunda presença, os angolanos perderam por 0-1, no jogo da primeira jornada do grupo B, competição disputada no Rwanda, em 2016.

No historial, os confrontos entre si vêm de longa data, sendo o primeiro realizado em 1979, no torneio em alusão à 12ª reunião dos ministros da zona V. Vitória para os camaroneses por 1-0, no estádio dos Coqueiros.

No total já são dezoito partidas, com larga vantagem para os homens das terras da lenda Roger Mila, com oito vitórias, contra três dos angolanos (uma delas foi aos penaltis). Empataram igualmente em sete ocasiões.

Para o mesmo grupo, três horas mais tarde, medem forças Burkina Faso e Congo Brazzavile.

Os congoleses lideram a série, com três pontos, seguido pelos angolanos e burkinabes, com um ponto cada. Os camaroneses estão em último sem pontuar. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »