Zungueira assassinada à facada em Benguela

Uma mulher de 28 anos foi assassinada à facada, na cidade de Benguela, para lhe roubarem a pasta onde transportava o dinheiro que ganhava do negócio.

Lauriete Judite, de 28 anos, vendia mangas debaixo da ponte do Rio Cavaco, quando foi abordada por dois indivíduos.

Segundo o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Benguela, superintendente António José, “a vítima terá oferecido alguma resistência ao entregar a pasta que continha o dinheiro e o assaltante, de forma fria e sem piedade, espetou-lhe uma faca por baixo do peito esquerdo”.

“O óbito foi declarado no local. Tentámos socorrer a vítima mas infelizmente não foi possível devido à gravidade dos ferimentos”, lamenta, acrescentando que o crime aconteceu na quarta-feira, durante a manhã.

O responsável salientou que os dois elementos envolvidos no assassinato da vendedora têm antecedentes criminais e são procurados pelas autoridades há mais de seis meses.

“Os dois elementos implicados no crime de homicídio estão foragidos das autoridades há mais de seis meses. Fizemos um levantamento do cadastro dos mesmos e constatámos que estão envolvidos em outros crimes”, afirmou.

António José explicou que o SIC já tem pistas dos presumíveis homicidas: “Estamos a concluir as investigações para capturar e deter os elementos, no sentido de serem apresentados ao Ministério Público, de forma a responderem pelos seus crimes”, finalizou. (Novo Jornal Online)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »