São Tomé e Príncipe: Ex-ministro da Justiça em liberdade sob termo de residência

O ex-assessor jurídico do Supremo Tribunal de Justiça está também interditado de ausentar-se do país.

O antigo Ministro São-tomense da justiça, Justino Veiga, foi posto, hoje, em liberdade sob termo de identidade e residência.

Veiga é acusado de corrupção activa pelo Ministério Público na sequência da queixa-crime apresentada pelo presidente do Supremo Tribunal de Justiça

O ex-assessor jurídico do Supremo Tribunal de Justiça está também interditado de ausentar-se do país. (Voa)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »