Reverendo considera pacificação dos espíritos missão da igreja

A pacificação dos espíritos e a transformação de jovens delinquentes em indivíduos úteis à sociedade é uma das missões da igreja, considerou nesta segunda-feira, 5, o Reverendo Neves de Sousa.

Neves de Sousa, líder da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal, ministério de Salém, teceu estas declarações a margem da abertura do 5º Congresso Internacional de Missões, denominado “Abala Luanda”, a decorrer até 17 deste mês sob o tema “A vinda de Jesus, A esperança da Igreja”.

De acordo com o líder religioso o evento deverá assentar-se em três pilares basilares, “a proclamação do evangelho de acordo com a orientação de Jesus, segundo, trazer as pessoas à salvação, edificação de vidas, que se consubstancia na pacificação dos espíritos e a consolidação da irmandade da vida cristã dos angolanos”, frisou.

Neves de Sousa que considera a igreja como parceiro social do Estado, referiu que a instituição que dirige, tem realizado várias actividades nas cadeias de Luanda.

“A igreja trabalha em convénio com o executivo e um dos exemplos é o trabalho que igreja faz nas cadeias, transformando as pessoas. A igreja não cuida dos problemas, mais cuida da raiz dos problemas, transformando jovens delinquentes em pessoas úteis à sociedade”, realçou.

Para o pastor brasileiro Osvaldo Júnior, um dos convidados ao evento, considera que o “Abala Luanda” é um acontecimento de grande aprendizado e considera que aos angolanos estão bem formados no que tange ao conhecimento teológico.
O “Abala Luanda”, tem uma repercussão muito grande no Brasil e é uma experiência gratificante”, disse.

O 5º Congresso internacional de missões reúne durante duas semanas mais de 5 mil almas e conta com a participação de convidados vindos do Brasil, Estados Unidos da América, da Namíbia e da República Democrática do Congo. (Jornal MANCHETE)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »