Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Renato Aragão, o Didi dos Trapalhões, recebe homenagem federal

Condecoração dada ao comediante é da classe Grã Cruz, a mais alta. Além dele, foram homenageadas outras 31 pessoas do universo da cultura

O presidente Michel Temer premiou o ator e humorista Renato Aragão, o Didi Mocó dos Trapalhões, a Ordem do Mérito Cultural, em cerimônia no Palácio do Planalto nesta terça (19).

A condecoração dada ao comediante é da classe Grã Cruz, a mais alta. Além dele, foram homenageadas outras 31 pessoas do universo da cultura.

“Quando eu recebi a notícia pensei que era engano”, afirmou Aragão a jornalistas antes da entrega do prêmio.

O ator negou haver constrangimento em aceitar a homenagem de Temer, um presidente com baixa popularidade, criticado por parte da classe artística – colegas globais de Aragão, como os atores Adriana Esteves e Fábio Assunção e a apresentadora Fernanda Lima, por exemplo, integraram campanha virtual pela aceitação das denúncias contra o presidente que terminaram rejeitadas pela Câmara dos Deputados.

“Eu estou aqui a convite pela cultura, pode ser qualquer presidente”, disse.

Também foram condecorados com a Grã Cruz o diretor José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, o tradutor Ivo Barroso e o ex-ministro da Educação do governo Figueiredo Eduardo Portella, em homenagem póstuma.

O evento, anual, contou com a presença de cerca de 400 convidados no Planalto. O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, afirmou que as políticas do governo Temer têm “encantado milhões de brasileiros e brasileiras”.

“Com suas obras, seus feitos, suas conquistas, vocês [artistas] têm falado ao coração do Brasil, encantando milhões de brasileiros e brasileiras, contribuindo para um país ainda melhor”, afirmou, para em seguida emendar: “É também, senhor presidente, o que o senhor e seu governo estão fazendo”.

“A despeito do tempo exíguo, já logrou o senhor consolidar realizações que constituem sim uma obra e deste modo será reconhecido pela história”, disse. O ministro listou entre os avanços do governo medidas polêmicas, como a reforma trabalhista e a reforma do ensino médio.

O grupo carnavalesco recifense Galo da Madrugada, que foi um dos homenageados, se apresentou para o público de artistas, empresários do setor e ministros.

Na entrega do prêmio 2016, foram homenageadas 36 personalidades do samba, e a cantora Fafá de Belém foi contratada para cantar o hino nacional.

Já em 2015, o principal homenageado do prêmio foi o poeta concretista Augusto de Campo e o prêmio contou com show exclusivo de Caetano Veloso. (Notícias ao Minuto BR)

Com informações da Folhapress.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »