Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Polícia reprime protesto em Honduras em meio à suspeita de fraude eleitoral

A polícia de choque reprimiu nesta quinta-feira, em Honduras, um protesto pelo reconhecimento da vitória do candidato opositor Salvador Nasralla nas eleições presidenciais de domingo.

Em meio a uma densa nuvem de gás lacrimogéneo, os partidários de Nasralla, candidato da Aliança de Oposição Contra a Ditadura (esquerda), contra-atacaram atirando pedras nos policiais nas proximidades do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), onde ocorre a revisão das atas de apuração.

A lenta apuração beneficia o presidente Juan Orlando Hernández, do Partido Nacional (PN, direita), que soma 42,68% dos votos, contra 41,60% para Nasralla, após a apuração de 90,40% das urnas.

A vantagem de Hernández revolta os opositores, especialmente após o TSE anunciar uma liderança de Nasralla com 5% no início
da semana, baseado na apuração de mais de 50% das urnas.

A partir da tarde de terça-feira, cada novo relatório do TSE apresentava um avanço de Hernández, até o presidente ultrapassar Nasralla.

Os partidários de Nasralla protestaram em meia dúzia de cidades de Honduras contra o que consideram um “roubo” praticado pela situação.

Na capital, centenas de membros da Aliança se concentraram diante da sede do TSE onde estão as atas procedentes dos 18 departamentos.

“Responsabilizamos o presidente Juan Orlando Hernández por esta selvagem repressão contra uma manifestação pacífica”, declarou o deputado opositor Rafael Alegría. (AFP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »