Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

‘Podemos-JÁ’ é o novo partido a integrar a CASA-CE

Estamos a trabalhar para que nesta altura os independentes tenham uma ferramenta para debater os assuntos internos da CASA-CE e influenciar naquilo que é a sua prioridade, a transformação da coligação em partido político”, sublinhou. Acrescentou ainda que os independentes viram-se forçados a enveredar pela criação de uma organização que os pudesse enquadrar por não se ter cumprido o acordo rubricado de transformar a CASA-CE de coligação em partido político.

Avançou que na condição de independente, tal como ele, encontram-se o presidente Abel Chivukuvuku, o vice-presidente Lindo Bernardo Tito, a ex-deputada Matilde e outros que não estão enquadrados oficialmente em qualquer das estruturas partidárias existentes.

Considerou que em termos jurídicos, praticamente não tinham voz, e acentuou a importância deste passo, visto que os independentes ocupam a maior extensão do povoado da CASA-CE. Félix Miranda declarou que todos os membros independentes estarão agregados ao novo partido “Podemos-JÁ”, e que a reacção dos outros partidos tem sido bastante satisfatória.

O coordenador da Comissão instaladora do Podemos-JÁ, Xavier Jaime, explicou que o partido surge simplesmente para colmatar um vazio jurídico existente no seio da Coligação. “Vazio este que não só coloca os independentes em suspense, como tem provocado muita celeuma”, sublinha. Explicou Xavier Jaime, corroborado por outros membros da Comissão Instaladora, que mesmo existindo essas seis organizações juridicamente reconhecidas, para que se faça justiça, e por não estarem cobertos por nenhum desses entes, foi necessário criar o partido “Podemos-JÁ”.

Segundo acrescentou, como as formações partidárias pioneiras e subscritoras dos acordos constitutivos deram mostras de pouco interesse pela transformação, os Independentes não tiveram outro escape senão criar o Podemos-JÁ, na perspectiva de integrar a plataforma CASA-CE, usufruindo do mesmo estatuto dos outros seis e com isso viabilizar o encravado processo da sua transformação.

“Se porventura algum percalço surgir quanto à integração do Podemos-JÁ na Coligação, cenário pouco provável, o Podemos-JÁ estará em condições de continuar a caminhada ‘per si’”, acentuou. A coligação CASA-CE é constituída por seis partidos políticos o PALMA, o PADA, o PPA, o PNSA, o PDP-ANA e o Bloco Democrático. (O País)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »