Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Parlamento russo proíbe entrada de qualquer mídia dos EUA

A decisão foi tomada após o canal russo RT ter sido privado de acreditação no Congresso dos EUA. O canal foi obrigado a se registrar como agente estrangeiro por solicitação do Departamento de Justiça dos EUA.
De acordo com a chefe do comité da Duma de Estado, Olga Sevastianova, decisão de proibir o acesso da mídia dos EUA ao parlamento russo como resposta a Washington entrará em vigor na semana que vem.

“Na segunda-feira (4), nosso comité planea realizar uma reunião extraordinária para analisar o projeto de lei que, em seguida, será estudado pela Duma de Estado. […] A iniciativa envolve a proibição de acesso de jornalistas da mídia norte-americana à Duma de Estado”, afirmou Sevastianova.

O Acto de Registo de Agentes Estrangeiros é uma lei dos EUA, criada em 1938, e tem como objetivo registar agentes estrangeiros que disseminam propaganda de seus países em território norte-americano.

Na sequência das pressões dos Estados Unidos em relação à mídia da Rússia, o presidente Vladimir Putin sancionou emendas, aprovadas pelas duas câmeras do parlamento russo, da lei que permite incluir várias mídias estrangeiras que operam no país na lista de agentes estrangeiros.

Comentando as medidas russas, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou que quaisquer violações contra jornalistas russos “não devem ficar sem resposta”. (Sputnik)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »