Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Organizadores de festas na Ingombota apostam em grandes nomes da música

Animação com musica ao vivo, através de DJs, “buffet” e bar aberto são as propostas, das diversas festas de final de ano com fins comerciais licenciadas pela repartição de Cultura e Turismo da administração distrital da Ingombota, em Luanda.

Até sexta-feira, o último dia da entrada dos pedidos de autorização, as autoridades administrativas da Ingombota licenciaram 14 festas de fim de ano, na sua maioria localizadas na Ilha do Cabo.

Os responsáveis pela repartição distrital de Cultura e Turismo, Silva e Costa, disse à Angop que os recintos foram vistoriados e possuem condições exigidas para a realização de festas.

Esclareceu que apenas as festas com fins comerciais foram formalizado o pedido de licenciamento e as de fórum familiar ou de menores dimensões estão isentas, mas devem respeitar as normas de convivência urbana.

Deu a conhecer que foram tomadas em conta a poluição sonora, assim como outras acções susceptíveis de colocar em risco a segurança física e psicológicas das pessoas residentes nos arredores dos recintos com festas, para que se festeje com tranquilidade e harmonia.

Entretanto, os preços a pagar para aderir as distintas festas variam dos quinze aos 120 mil kwanzas, independente da actuação, os mas caros são as que deverão contar com conceituados artistas nacionais como Paulo Flores, Milsom, Cef, Yola Semedo, Yuri da Cunha, entre outros.

Por outro lado, a administração distrital proibiu o uso de utensílios de cozinha e electrodomésticos nas parias da Ilha do Cabo durante a passagem de ano.

Esta medida deve-se a necessidade de disciplinar o uso das praias da circunscrição, principalmente durante o réveillon.

A Ilha do Cabo, geralmente conhecida por Ilha de Luanda, é composta por uma estreita língua de terra com sete quilómetros de comprimento que separa a cidade de Luanda do Oceano Atlântico.

É habitada por cerca de dez mil cidadãos, entre nacionais e estrangeiros, e durante a passagem de ano é visitado por mas de dez mil pessoas.

Fazem ainda parte deste distrito os bairros da Ingombota (sede), Kinanga, Maculusso e Patrice Lummba. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »