Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Malange: Mecanagro começa a pagar salários mas há mais empresas em falta

Empresa pretende “limpar” dívida até fim do mês
A Empresa Nacional de Mecanização Agrícola – Empresa Pública (Mecanagro) começou pagou seis dois oito meses de salários em atraso aos 49 funcionários da Direcção Regional Norte em Malanje.

Contudo, dezenas de outros trabalhadores de outros ramos, incluindo professores, continuam com salários em atraso.

O chefe de secção do Departamento Comercial e representante da comissão sindical da Mecanagro-EP, Manuel José Pinto, disse nesta segunda-feira, 4, haver garantias de que todos os salários em falta serão pagos até ao final do mês de Dezembro, incluindo os valores da segurança social para os trabalhadores em vias de reforma.

A Mecanagro não é, contudo, a única empresa em Malanje com salários em atraso.

“Temos a área da Educação, alguns trabalhadores que prestam determinado serviço de guarnição e protecção estão há quase 12 meses sem salários, temos ainda a Empresa de Gestão de Negócios e Obras também tem atrasos salariais com o seu pessoal”, disse

A empresa de protecção física Shade Seguros encarregue da protecção de instalações da Sonangol deve quatro meses de salários, assim como continua sem solução o pagamento de mais de um ano de vencimentos dos enfermeiros despedidos pelo director do Hospital Municipal de Caculama, Mucari, por reclamação dos mesmos.

Os professores de toda a província aguardam pelos ordenados do mês de Novembro, duas prestações dos subsídios de natal e os subsídios de exames aos da referida classe. (Voa)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »