Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Líder separatista de Caxemira morto a tiro por militares indianos

O líder separatista de Caxemira Noor Mohammed Tantray, acusado pela Índia de comandar o grupo terrorista Jaish-e-Mohammad (JeM), foi morto hoje num tiroteio com militares indianos, informaram fontes policiais.

A polícia qualificou a morte do dirigente rebelde de “marco significativo”.

O tiroteio ocorreu às primeiras horas da manhã na aldeia de Samboora, no sul da parte indiana de Caxemira.

Segundo as forças de segurança indianas, Noor Mohammed Tantray foi o principal responsável pelo planeamento e execução de uma série de ataques perpetrados no disputado território, incluindo um, recente, junto ao aeroporto de Srinagar, principal cidade da Caxemira indiana.

Mohammed Tantray foi detido em 2003 e condenado a pena perpétua em 2011, mas pôde sair em liberdade condicional em 2015. Em julho de 2017, “passou à clandestinidade” e tornou-se uma “figura chave” na organização de ataques do grupo, segundo a polícia.

O grupo Jaish-e-Mohammad luta pela integração de Caxemira no Paquistão.

Índia e Paquistão disputam Caxemira, desde a separação do subcontinente que se seguiu ao fim da colonização britânica, em 1947. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »