Governador quer tratamento digno para idosos

O resgate dos valores morais-cívico, a protecção da criança, dos idosos e das pessoas com deficiência, deve ser uma tarefa de todos os membros da sociedade.

O facto foi defendido sexta-feira, na Lunda Sul, pelo governador da província, Ernesto Kiteculo, na cerimónia de tomada de posse de novos membros do governo e de cumprimento de fim de ano, tendo orientado os sectores da assistência e reinserção social, família e promoção da mulher a melhorar as políticas que visam o cumprimento deste desiderato, para o bem-estar desta franja da sociedade.

Estas pessoas não devem sentir-se excluídas das acções do governo e do convívio familiar, dai a necessidade de se redobrar esforços para que se evite o abandono, maus-tratos e violência contra estas elas, por serem indefesas, disse.

Defendeu o espirito de solidariedade e entre-ajuda, a convivência harmoniosa, o respeito e a preservação dos bens comuns.

Aproveitou a ocasião para solicitar a participação activa dos cidadãos na melhoria da imagem dos municípios, dando o seu contributo na melhoria do saneamento básico e na conservação dos bens públicos. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »