Garantida capacidade de combate à imigração ilegal

A Polícia Nacional está devidamente preparada para combater à imigração ilegal e outros crimes conexos, apesar da escassez em meios operativos, afirmou hoje (sexta-feira), na cidade de Mbanza Kongo, o comandante-geral da corporação, Alfredo Mingas.

O oficial superior falava num encontro com membros do Conselho Consultivo da Delegação local do Interior e do Comando Provincial da Polícia Nacional, no quadro da sua deslocação à província, tendo referido que a imigração ilegal, o tráfico de drogas e o roubo e furto de viaturas merecerão maior atenção.

O comandante defendeu a necessidade de coordenação de medidas que visam o combate destas acções delituosas.

“Nós pretendemos encontrar medidas que, duma vez por todas, criem as maiores dificuldades à aqueles que estão determinados em complicar a nossa vida, sabotar a nossa economia e alimentar o crime”, explicou Alfredo Mingas que efectua, desde hoje, uma visita de três dias à província do Zaire.

A delegação é composta por responsáveis dos serviços de Migração e Estrangeiros (SME), de Investigação Criminal (SIC), da Polícia de Guarda Fronteiras de Angola (PGFA), entre outras entidades.

A província do Zaire partilha uma extensa fronteira com a República Democrática do Congo, estimada em 330 quilómetros, sendo 180 terrestres e 150 por via do Rio Zaire. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »