Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Descobertos em Israel vestígios de mosteiro de 1.500 anos

Um grupo de arqueólogos encontrou os vestígios de um mosteiro cristão de 15 séculos, localizado perto de Beit Shemesh, no centro de Israel, e que conta com um mosaico de pássaros, folhas e romãs, comprovou nesta quarta-feira um fotógrafo da AFP.

“A riqueza do sítio sugere que o complexo pode ter sido um importante lugar de peregrinação na região de Judeia-Shfela”, ao oeste de Jerusalém, indicaram as autoridades arqueológicas israelitas em um comunicado.

No sítio, que data do período bizantino, os arqueólogos encontraram vestígios de muros de pedra de imponentes dimensões e elementos arquitectónicos em mármore procedentes em parte da actual Turquia.

Entre esses elementos se encontra a base de um pilar coberto de cruzes e de motivos decorativos.

O sítio, que por enquanto só teve uma pequena parte examinada, foi abandonado no século VII por motivos desconhecidos.

“Já sabíamos que [na região] havia um certo número de igrejas antigas e de mosteiros, mas o que descobrimos foi preservado de forma significativa”, disse Benyamin Storchan, director das escavações, segundo o comunicado.

As escavações, que começaram no verão, precedem um projecto de extensão do bairro de Beit Shemesh dirigido aos judeus ultra-ortodoxos.

Perguntado pela AFP, um porta-voz das autoridades arqueológicas disse que não sabe o que vai acontecer com o sítio.

“Uma coisa é certa: o mosaico será preservado. Mas não sabemos se ficará no local sob protecção ou se será trasladado”. (Afp)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »