Catalunha: Esquerda republicana lidera sondagens a um dia das eleições

As últimas sondagens dão vitória aos independentistas da esquerda republicana (ERC), mas sem conseguir a maioria necessária para assegurar a governação da região.

Catalunha: Esquerda republicana lidera sondagens a um dia das eleições
Joana Almeida
11:42
As últimas sondagens dão vitória aos independentistas da esquerda republicana (ERC), mas sem conseguir a maioria necessária para assegurar a governação da região.

Falta apenas um dia para a Catalunha realizar aquele que é considerado um dos escrutínios eleitorais mais importantes para o país desde o fim da ditadura franquista. As últimas sondagens dão vitória aos independentistas da esquerda republicana (ERC), mas sem conseguir a maioria necessária para assegurar a governação da região.

Desde a passada sexta-feira que as sondagens em Espanha estão proibidas, mas o jornal espanhol ‘El Periódic’ tem ignorado os avisos e continua a publicar diariamente os resultados das pesquisas às intenções de voto. As últimas sondagens apontam para uma ligeira vantagem da esquerda republicana, liderada pelo antigo vice-presidente catalão, Oriol Junqueras, que se encontra na prisão. As projeções antevêem que a ERC, que defende a independência da região, consiga eleger entre 36 a 37 deputados.

Logo a seguir nas sondagens aparecem os liberais centristas do Ciudadanos-Ciutadans, que se opõem ao processo de independência da Catalunha e defendem a sua permanência em Espanha. As sondagens mostram que o partido liderado pela advogada Inès Arrimadas consegue eleger entre 31 a 32 deputados para o Parlamento catalão.

Em terceiro lugar nas sondagens está o partido independentista de Carles Puigdemont, ex-presidente do Governo regional da Catalunha, que se encontra ainda na Bélgica. As sondagens indicam que o partido ‘Juntos pela Catalunha’ (JxCat) vai conseguir nomear entre 26 a 27 deputados.

Segue-se o Partido dos Socialistas da Catalunha (PSC), liderado por Miguel Iceta e ligado ao PSOE espanhol, que defende a ideologia unionista. O partido elege entre 20 a 21 deputados para o Parlamento, segundo as últimas sondagens. O partido Catalunha em Comum (CeC), da esquerda populista, conquista entre 10 a 11 lugares no Parlamento e a Candidatura da Unidade Popular (CUP), de extrema-esquerda, elege entre 5 a 6 deputados.

Já o Partido Popular do chefe do Executivo espanhol, Mariano Rajoy, é o partido com menos intenções de voto, de acordo com a sondagem, conquistando apenas entre 4 a 5 deputados.

Para as eleições autonómicas convocadas pelo Governo espanhol na Catalunha são chamados a votar cerca de 5,2 milhões eleitores, sendo estimada uma participação a rondar os 80%. As eleições foram convocadas em outubro, depois de Madrid ter dissolvido o Parlamento da Catalunha e destituir o Executivo regional presidido por Carles Puigdemont. (Jornal Económico)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »