Casa Civil esclarece exoneração de administrador já falecido

A Casa Civil do Presidente da República enviou hoje um comunicado às redacções em que lamenta ter emitido um despacho presidencial em que é exonerado o administrador não executivo da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA), já falecido.

José Pedro Tonet foi exonerado ontem com outros membros do antigo Conselho de Administração da ENANA.

“A lamentável ocorrência”, de acordo com o documento, resultou de informação de arquivo não actualizada, em concreto o Diário da República em que se formalizava a nomeação, há alguns anos, do Conselho de Administração da referida empresa pública”.

“A Casa Civil do Presidente da República, face ao sucedido, penitencia-se perante os familiares, amigos e colegas de José Pedro Tonet, com o respeito devido à sua memória”. (Novo Jornal Online)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »