Birmânia retira acusação contra jornalistas por uso de drone

As autoridades da Birmânia disseram que iam retirar uma acusação pendente contra dois jornalistas estrangeiros, detidos em outubro, por alegadamente terem colocado um ‘drone’ a sobrevoar o parlamento, em violação da legislação em vigor.

O advogado de defesa disse que Lau Hon Meng, de Singapura, e Mok Choy Lin, da Malásia, a trabalhar para o canal de televisão turco TRT, vão ser libertados, juntamente com outros dois profissionais locais, o intérprete e o motorista.

Os quatro vão ser libertados a 05 de janeiro, depois de terem cumprido dois meses de prisão, indicou.

Os jornalistas enfrentavam também duas acusações relacionadas com a importação de equipamento e violação das leis de imigração.

Noutro caso relacionado com ‘media’ estrangeiros, um tribunal prolongou na quarta-feira a detenção de dois jornalistas da agência noticiosa Reuters e fixou a data do respetivo julgamento em 10 de janeiro. Os dois jornalistas da Reuters foram acusados de violação de segredo de Estado. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »