Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Barril de petróleo nos EUA fecha acima de US$ 60 pela 1ª vez desde 2015

Alta acumulada no ano foi de 12%, desencadeada pela forte demanda e queda nos estoques globais. Barril do tipo Brent encerrou o ano a US$ 66,87.

Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam acima dos US$ 60 por barril na última sessão do ano pela primeira vez desde meados de 2015, e a commodity encerrou 2017 com um avanço de 12%, desencadeado pela forte demanda e queda nos estoques globais.

Os futuros do Brent, a marca de referência internacional, fecharam o ano com alta de 17%, apoiados pelos cortes de produção da Opep e Rússia, bem como pela forte demanda da China. A diferença entre os dois contratos se ampliou ao longo do ano, já que o Brent reagia à queda na oferta de grandes produtores mundiais, enquanto a produção dos EUA continuava a crescer.

Os futuros dos EUA encerraram o ano em US$ 60,42 por barril, o maior fechamento desde Junho de 2015. Os futuros do Brent fecharam em alta de 1,07%, a US$ 66,87 por barril. O Brent rompeu o nível de US$ 67 nesta semana pela primeira vez desde maio de 2015.

Os ganhos indicam que o excedente global que tem pressionado o mercado desde 2014 está se reduzindo.

Mais cedo neste ano, os preços do petróleo caíram por preocupações de que a crescente produção de Nigéria, Líbia e outras regiões poderia prejudicar os cortes de produção liderados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo.

Mas os preços subiram quase 50% desde o meio do ano pela demanda sólida e forte adesão aos limites de produção.

“Essa tendência deve continuar em 2018 e mundialmente os estoques de petróleo continuarão a cair”, disse Andrew Lipow, presidente da Lipow Oil Associates, em Houston.

Lipow disse esperar que os preços do petróleo nos EUA subam até cerca de US$ 63 por barril até o fim do próximo ano, enquanto o Brent pode continuar em torno de US$ 67 por barril à medida que as exportações de petróleo dos EUA avançam para níveis recordes. (G1)

por Reuters

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »