Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Angosat 1 chega em órbita às três horas do dia 27

Após o lançamento com sucesso através do foguete transportador ucraniano Zenit, a partir do cosmódromo Baikonur, no Cazaquistão, o satélite levará sete horas para chegar (3h00) na posição orbital 14.5 E, onde permanecerá por 15 anos úteis.

Depois do lançamento terá mais ou menos dois a três meses de testes. Findo este período, o equipamento estará apto para ser utilizado, até completar os 15 anos de vida útil.

O satélite estará localizado a 36 mil quilómetros acima do nível do mar e a sua velocidade coincidirá com o da rotação da terra.

O Angosat1 cobrirá um terço do globo terrestre.

O Angosat, construído na Rússia, com mil e 55 quilogramas, dos quais apenas 262.4 são de carga útil, ficará na posição orbital 14.5 E e terá uma potência de três mil 753 W, na banda CKu, com 16C+6Ku repetidores.

Como satélite geoestacionário artificial, o Angosat estará localizado a 36 mil quilómetros acima do nível do mar, cuja velocidade coincidirá com a da rotação da terra e conseguirá cobrir um terço do globo terrestre.

O centro de controlo e missão de satélites do Angosat1 encontra-se na comuna da Funda, norte da província de Luanda.

O satélite angolano vai possuir um centro primário de controlo e missão em Angola e outro secundário na Rússia, em Korolev. Este é um dos sete projectos do Programa Espacial nacional e terá 15 anos de “vida útil”. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »