Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Angola conquista nove medalhas na Alemanha

Criadores e inventores angolanos arrebataram nove medalhas durante a 69ª edição anual da Feira do Inventor, que se realizou, em Novembro, em Noremberg, Alemanha.

Na sua nona participação no evento que decorreu entre 2 a 5 do mês findo, os 23 expositores, representantes de nove instituições e um free-lancer, apresentaram 19 ideias e invenções, que deram à delegação angolana uma medalha de ouro, cinco de prata e três de bronze.

Entre os vencedores da delegação de Angola, destaque para o Departamento das Ciências da Computação da Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto, que arrebatou medalha de ouro, com a invenção de um sistema para detectar falhas na iluminação pública.

Wilson Soares, do Centro Tecnológico Nacional do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, avançou que os representantes do mesmo departamento conseguiram ainda duas medalhas de prata com os projectos ligados ao desarmamento de civis no país e à “Mwonowaha”, que visa melhorar os serviços de saúde através de um sistema de informação.

O membro da equipa coordenadora da delegação nacional à feira de Noremberg destacou ainda o projecto “Riquezas do lixo”, do Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências (ISPTEC), que visa transformar ou reciclar os resíduos sólidos.
A Associação Nacional dos Estudantes Universitários com Deficiência (ANEUD) é outra instituição que arrebatou medalha de prata, com o projecto “Portal ANEUD”, que visa abordar assuntos que têm a ver com a inclusão de portadores de deficiências.

Wilson Soares avançou que o complexo escolar Eliada, situado em Viana, foi outro galardoado com medalha de prata, pelo projecto “Sistema de informação de apoio à fiscalização de pagamento da taxa de circulação e detenção de automóveis roubados”.
Quanto às medalhas de bronze, os centros de Políticas em Pesquisas Públicas e Governação Local (CPPGL) da Universidade Agostinho Neto, por meio de pesquisa comunitária, e o Tecnológico Nacional (CTC), com o programa de inclusão digital com conteúdos educacionais foram os vencedores.

Além das instituições acima referidas, o free-lancer Ricardo Augusto Figueiredo arrebatou igualmente uma medalha de bronze, com a invenção de um colector de mosquitos para testagem.

Wilson Soares explicou que Angola, no total, levou para Alemanha duas empresas, igual número de instituições do ensino superior e três outras de investigação científica, além do free-lancer, Ricardo Figueiredo.

Antes destas entidades serem seleccionadas para Noremberg, as mesmas tiveram de participar numa actividade local, que funciona como uma espécie de antecâmara, que os catapultou para a Feira Nacional do Inventor. “É daqui onde saem os escolhidos para Alemanha”, esclarece Wilson Soares.

Angola fez a sua nona participação no evento de Noremberg, tendo já arrebatado, neste período, 67 medalhas, sendo 12 de ouro, 35 de prata e 30 de bronze.

A Feira do Inventor de Noremberg realiza-se anualmente, no sentido de promover o mérito da ideia, da criação e da invenção.
Os galardoados foram contemplados com uma medalha pelo empenho dos seus representantes e pela qualidade dos trabalhos. Os criadores e inventores angolanos, sempre que partcipam nessa feira de Noremberg, têm sido permanentemente contemplados com muitos troféus. (Jornal de Angola)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »