Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Turistas escolhem Ilha do Mussulo para festa da passagem de ano

A comuna da Ilha do Mussulo, no município do Talatona, em Luanda, é um dos locais escolhido por muitos turistas, nacionais e estrangeiros, para as festas da passagem de ano.

Uma fonte da administração comunal do Mussulo disse que a previsão é receber até a passagem de ano aproximadamente seis mil turistas.

Nos anos anteriores, segundo a fonte, a capitania chegava a registar mais de 12 mil turistas na quadra festiva.

Referiu que a redução acentuada no número de turistas, nesta época, talvez possa estar relacionada com período financeiro não muito bom para a maior parte das famílias.

Em uma ronda feita hoje, sexta-feira, pela Angop na zona do embarcadouro do Mussulo, é visível o aumento do número de viaturas pertencentes a cidadãos que se deslocaram a península para a festa de final de ano.

Para facilitar o acesso a comuna, a Empresa Pública de Transportes Colectivos de Luanda (TCUL) aumentou o número de autocarros provenientes de diferentes pontos da cidade para além das viaturas de serviço de táxis.

Entretanto, a travessia nos dois sentidos é feita com a utilização de embarcações de pequeno porte com a capacidade para dez a quinze passageiros e dois catamarãs com 40 lugares cada.

Por sua vez, a delegação Marítima do Mussulo desenvolve uma campanha de sensibilização aos marinheiros que utilizam a orla marítima da circunscrição para que observem as normas de segurança no mar.

De acordo com o seu delegado, Adão Cassungo, a preocupação esta ligada ao uso de coletes salva vida, utilização das luzes de navegação, evitar o excesso de carga e a lotação do número de passageiros.

“ Estamos ainda a distribuir cartilhas com vários conselhos úteis, e as embarcações que não estiverem em condições de navegação são impedidas de o fazer”, advertiu.

A Ilha do Mussulo está localizada a sul de Luanda, sendo uma restinga envolvida por uma série de pequenas ilhas. No lado continental, de águas calmas, ideais para a prática de desportos náuticos, existem complexos turísticos, casas de praia e uma enorme quantidade de coqueiros.

No lado oceânico, com o mar de águas limpas, mais muito agitadas, existem praias de areia branca e quase desertas, habitadas apenas por pescadores nativos. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »