- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Governos Provinciais Governo Provincial de Malanje Governador reconhece dificuldades e promete melhorias em 2018

Governador reconhece dificuldades e promete melhorias em 2018

As famílias malanjinas, à semelhança de outros pontos do país, enfrentaram inúmeras dificuldades em 2017, devido a economia nacional que continua a ressentir-se da crise financeira, afirmou hoje, quinta-feira, nesta cidade, o governador provincial de Malanje, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”.

O governador fez estas declarações quando proferia um discurso, por ocasião da tradicional cerimónia de cumprimentos de fim de ano.

Em função destas dificuldades, disse, é necessário ‘mais engajamento e dinâmica’ do governo nas tarefas promotoras do bem-estar da população, com incidência nas áreas da saúde, educação, energia e águas, entre outros, de modo a garantir ‘melhoria da qualidade de vida’ dos cidadãos em 2018.

Neste particular, disse que é útil a contribuição do sector privado, pelo que a província continua aberta aos empresários enquanto parceiros privilegiados nas acções tendentes ao progresso social, nomeadamente nos sectores de agro-indústria, hotelaria e turismo e agricultura. .

O governador lembrou, entretanto, as acções gizadas pelo executivo angolano, tendentes ao resgate da estabilidade macro-económica do país, por meio do controlo das despesas públicas, aumento das receitas tributárias, da produção nacional e promoção das exportações.

Com base nisso, Norberto dos Santos sublinhou que até Março de 2018, poder-se-á fazer jus ao slogan do governo saído das eleições de Agosto, segundo o qual “Melhorar o que está bem e corrigir o que está mal”. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...
- Publicidade -

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Notícias relacionadas

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Migrantes ilegais fogem de quartel em Tavira

Um grupo de 17 migrantes ilegais fugiu, durante a madrugada desta quinta-feira, do quartel do exército, em Tavira. Oito já foram capturados pelas autoridades, sendo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.