Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Erdogan diz que processo de paz não pode incluir “terrorista” Assad

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou ontem que os esforços de paz para a Síria não podem incluir “um terrorista” como o presidente sírio, Bashar al-Assad.

Erdogan, que falava durante uma visita à Tunísia numa conferência de imprensa conjunta com o homólogo tunisino, Beji Caid Essebsi, disse que Assad é “um terrorista implicado em terrorismo de Estado” e não deve fazer parte do futuro da Síria.

“Como podemos encarar um futuro com um líder sírio que matou quase um milhão dos seus cidadãos?”, questionou o líder turco, cujo país acolhe milhões de refugiados sírios.

Numa reação às afirmações de Erdogan, o Ministério dos Negócios Estrangeiros sírio acusou o presidente turco de apoiar o terrorismo e de ter “importantes responsabilidades no derramamento de sangue na Síria”.

Num comunicado, o Ministério afirma que Erdogan ofereceu “apoio sem limite” a vários “grupos terroristas”.

A Turquia apoia política e militarmente a oposição ao regime sírio, mas integra o processo de paz lançado pela Rússia, aliada de Assad. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »