- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Erdogan diz que processo de paz não pode incluir "terrorista" Assad

Erdogan diz que processo de paz não pode incluir “terrorista” Assad

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou ontem que os esforços de paz para a Síria não podem incluir “um terrorista” como o presidente sírio, Bashar al-Assad.

Erdogan, que falava durante uma visita à Tunísia numa conferência de imprensa conjunta com o homólogo tunisino, Beji Caid Essebsi, disse que Assad é “um terrorista implicado em terrorismo de Estado” e não deve fazer parte do futuro da Síria.

“Como podemos encarar um futuro com um líder sírio que matou quase um milhão dos seus cidadãos?”, questionou o líder turco, cujo país acolhe milhões de refugiados sírios.

Numa reação às afirmações de Erdogan, o Ministério dos Negócios Estrangeiros sírio acusou o presidente turco de apoiar o terrorismo e de ter “importantes responsabilidades no derramamento de sangue na Síria”.

Num comunicado, o Ministério afirma que Erdogan ofereceu “apoio sem limite” a vários “grupos terroristas”.

A Turquia apoia política e militarmente a oposição ao regime sírio, mas integra o processo de paz lançado pela Rússia, aliada de Assad. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

- Publicidade -
- Publicidade -

Que terceiro Presidente queremos?

Quando, há três anos, assistimos à primeira grande transição geracional do poder em Angola, para trás a história registava a passagem por aqui de...
- Publicidade -

Caso São Vicente: PGR confia na recuperação do dinheiro e admite ouvir personalidades da Sonangol

A Procuradoria Geral da República (PGR) de Angola assegura que tudo está a fazer para recuperar os 900 milhões de dólares congelados na conta...

Ministério Público quer agravar pena de prisão a “Zénu” dos Santos e co-acusados

O Tribunal Supremo (TS) de Angola terá que decidir se vai agravar ou aliviar as sentenças impostas aos acusados no “processo dos 500 milhões”. O...

Sociedade civil e partidos extra-parlamentares estão “vigilantes” com a criação da frente patriótica

O Ex-secretário Executivo do Comité Intereclesial para a Paz em Angola (COIEPA), reverendo Ntony Njnga, felicitou a iniciativa de se criar uma Frente Patriótica...

Notícias relacionadas

Que terceiro Presidente queremos?

Quando, há três anos, assistimos à primeira grande transição geracional do poder em Angola, para trás a história registava a passagem por aqui de...

Caso São Vicente: PGR confia na recuperação do dinheiro e admite ouvir personalidades da Sonangol

A Procuradoria Geral da República (PGR) de Angola assegura que tudo está a fazer para recuperar os 900 milhões de dólares congelados na conta...

Ministério Público quer agravar pena de prisão a “Zénu” dos Santos e co-acusados

O Tribunal Supremo (TS) de Angola terá que decidir se vai agravar ou aliviar as sentenças impostas aos acusados no “processo dos 500 milhões”. O...

Sociedade civil e partidos extra-parlamentares estão “vigilantes” com a criação da frente patriótica

O Ex-secretário Executivo do Comité Intereclesial para a Paz em Angola (COIEPA), reverendo Ntony Njnga, felicitou a iniciativa de se criar uma Frente Patriótica...

EUA contrabandeiam petróleo para fora da Síria durante a noite em 35 camiões-cisterna, diz mídia

A região do nordeste da Síria contém a maior parte das reservas de petróleo do país e é também o território onde a maioria...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.