Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Do Pippin ao iphone X. A história da Apple é feita de sucessos e fracassos

Os analistas reviram esta semana uma quebra de encomendas no ‘smartphone’ lançado em setembro pela marca da maçã.

Depois da euforia, a queda. O iPhone X, smartphone lançado em Setembro pela Apple, não está a ter o desempenho esperado e os analistas reviram em baixa as estimativas de encomendas do iPhone X para os primeiros três meses de 2018. “Depois da primeira ronda de procura ter sido cumprida, o mercado está preocupado que o elevado preço do iPhone X possa quebrar a tendência durante o primeiro trimestre”, referiu Zhang Bin, analista da Sinolink Securities, numa nota citada pela Bloomberg.

O analista estima que as remessas do iPhone X se situam em 35 milhões de unidades durante este período, um número inferior ao previsto em 10 milhões. Fundada em 1976 por Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne, a história da empresa é marcada por vários sucessos e fracassos.

PRODUTOS COM SUCESSO

iPhone
O lançamento juntou recursos de aparelhos vencedores, como o iPod, com um interface sensível ao toque extremamente eficiente. O lançamento do iPhone acabou por ser fatal para empresas que dominavam o mercado de telemóveis na época, como a Nokia e a BlackBerry.

iPod
Quando foi lançado em 2001, o iPod já não era o primeiro aparelho digital de música do mercado. Mais fácil de usar do que os aparelhos rivais, a empresa beneficiou da chegada da iTunes Store para vender mais de 220 milhões de unidades do produto.

Power Mac G4
Lançado em 2000 significou um passo fundamental para o desenvolvimento do Mac Mini. E também representa o foco da Apple em design revolucionário: uma unidade do Power Mac G4 Cube está atualmente em exposição no Museu de Arte Moderna, em Nova Iorque.

PRODUTOS SEM SUCESSO

Pippin
No início dos anos 90, a empresa viu uma oportunidade para entrar no mercado dos jogos e o resultado foi o Pippin. Fabricado pela japonesa Bandai com tecnologia da Apple, tinha ‘hardware’ de computador e, por isso, custava mais do que as outras consolas. Ainda por cima, a Sony tinha acabado de lançar a PlayStation.

Newton
Foi apresentado como um assistente pessoal digital (PDA) em 1987. O Newton deveria ajudar o utilizador a organizar, armazenar e consultar informações que precisasse ter sempre à mão. A empresa gastou 100 milhões de dólares no desenvolvimento do produto, que foi um fracasso comercial.

Apple III
O lançamento foi um dos maiores desastres da história da empresa. Quando o computador chegou às lojas, tinha tantas avarias que a empresa foi obrigada a fazer um ‘recall’ do lote inicial. O Apple III foi relançado alguns meses depois mas calcula-se que o número de unidades vendidas não passasse de 10% das vendas do Apple II. (Jornal Económico)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »