- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Sonangol Logística recebe cerca de 70% de combustível importado

Sonangol Logística recebe cerca de 70% de combustível importado

Setenta por cento do combustível recebido pela Sonangol Logística é importado, indicou o director comercial desta subsidiária da petrolífera angolana.

De acordo com Dionísio da Rocha Júnior a refinaria de Luanda e a Cabinda Gulf Oil Company (Cabgoc) contribuem apenas com cerca de 30% do combustível que chega à Sonangol Logística

O responsável falava à imprensa, no final de uma visita às instalações da Boa Vista 1 da Sonangol Logística, realizada no último domingo, 24.

“Nós atendemos o mercado nacional com 60 por cento para o gasóleo, 35% gasolina e 5% de outros de derivados do petróleo, como o Jeta1”, acrescentou o responsável, citado pela Angop.

Dionísio da Rocha Júnior garantiu que “a situação para a quadra festiva está assegurada”, acrescentando que no país “não há constrangimentos de maior” no fornecimento de combustíveis.

O responsável adiantou que muitas vezes a falta de combustível nas bombas resulta do uso indevido ou açambarcamento deste produto por parte de cidadãos, que compram grandes quantidades de combustível para especularem os preços.
(Novo Jornal Online)

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...
- Publicidade -

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Notícias relacionadas

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Mali: Presidente e vice-presidente de transição já tomaram posse

Esta sexta-feira, no Mali, vão tomar posse o novo presidente de transição, o general na reserva Bah N’Daw, e o novo-vice-presidente, o coronel Assimi...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.