- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Registo militar começa no dia 4 de Janeiro

Registo militar começa no dia 4 de Janeiro

O Ministério da Defesa Nacional inicia, no próximo dia 4 de Janeiro, o processo de recenseamento militar dos cidadãos nacionais do sexo masculino nascidos entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2000.

O processo, que vai até ao dia 28 de Fevereiro, abrange os cidadãos nascidos em 1999 que não tenham feito o recenseamento, refere uma nota de imprensa distribuída da instituição.

De acordo com um despacho do ministro da Defesa Nacional, Salviano de Jesus Sequeira, o recenseamento militar deve ser realizado em todo o território nacional, bem como no exterior do país.

O recenseamento militar é um acto de registo anual, que envolve todos os cidadãos do sexo masculino que completam 18 anos de idade e tem como objectivo obter a informação de todos os cidadãos que atingem, em cada ano, a idade do início das obrigações militares, ao abrigo da Lei nº 1/93, de 26 de Março, Lei Geral do Serviço Militar.

O recenseamento permite às FAA determinar e manter um controlo das reservas aceitáveis para a renovação regular dos efectivos e evitar-se o excesso de tempo de permanência dos militares no cumprimento do Serviço Militar activo. (Jornal de Angola)

- Publicidade -
- Publicidade -

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...
- Publicidade -

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...

Notícias relacionadas

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...

Executivo aprova regime de protecção social obrigatória

A Comissão Económica do Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o regime jurídico de protecção social obrigatória dos trabalhadores por conta de outrem, inseridos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.