Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Líder separatista de Caxemira morto a tiro por militares indianos

O líder separatista de Caxemira Noor Mohammed Tantray, acusado pela Índia de comandar o grupo terrorista Jaish-e-Mohammad (JeM), foi morto hoje num tiroteio com militares indianos, informaram fontes policiais.

A polícia qualificou a morte do dirigente rebelde de “marco significativo”.

O tiroteio ocorreu às primeiras horas da manhã na aldeia de Samboora, no sul da parte indiana de Caxemira.

Segundo as forças de segurança indianas, Noor Mohammed Tantray foi o principal responsável pelo planeamento e execução de uma série de ataques perpetrados no disputado território, incluindo um, recente, junto ao aeroporto de Srinagar, principal cidade da Caxemira indiana.

Mohammed Tantray foi detido em 2003 e condenado a pena perpétua em 2011, mas pôde sair em liberdade condicional em 2015. Em julho de 2017, “passou à clandestinidade” e tornou-se uma “figura chave” na organização de ataques do grupo, segundo a polícia.

O grupo Jaish-e-Mohammad luta pela integração de Caxemira no Paquistão.

Índia e Paquistão disputam Caxemira, desde a separação do subcontinente que se seguiu ao fim da colonização britânica, em 1947. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »