Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Angosat 1 chega em órbita às três horas do dia 27

Após o lançamento com sucesso através do foguete transportador ucraniano Zenit, a partir do cosmódromo Baikonur, no Cazaquistão, o satélite levará sete horas para chegar (3h00) na posição orbital 14.5 E, onde permanecerá por 15 anos úteis.

Depois do lançamento terá mais ou menos dois a três meses de testes. Findo este período, o equipamento estará apto para ser utilizado, até completar os 15 anos de vida útil.

O satélite estará localizado a 36 mil quilómetros acima do nível do mar e a sua velocidade coincidirá com o da rotação da terra.

O Angosat1 cobrirá um terço do globo terrestre.

O Angosat, construído na Rússia, com mil e 55 quilogramas, dos quais apenas 262.4 são de carga útil, ficará na posição orbital 14.5 E e terá uma potência de três mil 753 W, na banda CKu, com 16C+6Ku repetidores.

Como satélite geoestacionário artificial, o Angosat estará localizado a 36 mil quilómetros acima do nível do mar, cuja velocidade coincidirá com a da rotação da terra e conseguirá cobrir um terço do globo terrestre.

O centro de controlo e missão de satélites do Angosat1 encontra-se na comuna da Funda, norte da província de Luanda.

O satélite angolano vai possuir um centro primário de controlo e missão em Angola e outro secundário na Rússia, em Korolev. Este é um dos sete projectos do Programa Espacial nacional e terá 15 anos de “vida útil”. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »