- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África UE critica processo de "revisão unilateral" da Constituição no Burundi

UE critica processo de “revisão unilateral” da Constituição no Burundi

O processo unilateral de revisão da Constituição iniciado pelo Governo do Burundi só vai comprometer o fim da crise em que o país está mergulhado desde a eleição do Presidente Pierre Nkurunziza para um terceiro mandato, em violação do Acordo de Arusha, indica um comunicado do Serviço Europeu para Ação Externa (SEAE).

Após o fracasso da mediação organizada em Arusha pela Comunidade dos Estados da África Oriental (EAC), para uma saída da crise no Burundi, a União Europeia (UE) pede o relançamento do diálogo político interburundês, como “única via possível para estabelecer uma solução duradoura à crise “, indica a nota do SEAE enviada sexta-feira à imprensa, em Bruxelas.

Para a UE, a abertura dum processo de revisão constitucional unilateralmente, pelo Governo, envolve vários riscos e “está em contramão dos esforços de concertação e poderá levar ao abandono das principais disposições-chaves do Acordo de Paz de Arusha, que continua hoje o principal instrumento capaz de levar à paz e à estabilidade no Burundi e na região”.

No seu comunicado , a União Europeia reitera o seu pleno apoio à mediação liderada pelo ex-Presidente tanzaniano e a atual facilitador, Benjamin Mkapa. (Panapress)

- Publicidade -
- Publicidade -

Portos devem servir para transbordo de mercadorias em África

O ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, declarou esta quarta-feira ser pretensão do governo fazer dos portos angolanos verdadeiras plataformas logísticas regionais, para o transbordo...
- Publicidade -

ONU acusa Venezuela de “possíveis crimes contra a humanidade”

Investigadores das Nações Unidas acusam o Presidente da Venezuela e outras figuras do Estado de terem cometido "possíveis crimes contra a humanidade". As acusações...

Moçambique: Dois ataques contra autocarros em Sofala atribuídos à Junta Militar da Renamo

Homens armados protagonizaram na manhã desta quinta-feira, 17 de Setembro, dois novos ataques na estrada nacional N°6, na província de Sofala, provocando sete feridos...

Última Hora: Túnel da Avenida João XXI em Lisboa cortado devido a incêndio

O Túnel da Avenida João XXI, em Lisboa, está hoje de manhã cortado ao trânsito nos dois sentidos devido a um incêndio num posto...

Notícias relacionadas

Portos devem servir para transbordo de mercadorias em África

O ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, declarou esta quarta-feira ser pretensão do governo fazer dos portos angolanos verdadeiras plataformas logísticas regionais, para o transbordo...

ONU acusa Venezuela de “possíveis crimes contra a humanidade”

Investigadores das Nações Unidas acusam o Presidente da Venezuela e outras figuras do Estado de terem cometido "possíveis crimes contra a humanidade". As acusações...

Moçambique: Dois ataques contra autocarros em Sofala atribuídos à Junta Militar da Renamo

Homens armados protagonizaram na manhã desta quinta-feira, 17 de Setembro, dois novos ataques na estrada nacional N°6, na província de Sofala, provocando sete feridos...

Última Hora: Túnel da Avenida João XXI em Lisboa cortado devido a incêndio

O Túnel da Avenida João XXI, em Lisboa, está hoje de manhã cortado ao trânsito nos dois sentidos devido a um incêndio num posto...

Viaduto do Cazenga é inaugurado hoje

O viaduto Luanda/Cazenga, localizado entre os distritos urbanos do Rangel e do Tala-Hady, na capital do país, será inaugurado hoje, sexta-feira, 18 de Setembro,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.