- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Naufrágio na República Democrática do Congo causa pelo menos 12 mortos

Naufrágio na República Democrática do Congo causa pelo menos 12 mortos

Pelo menos 12 pessoas morreram e dez continuam desaparecidas na sequência de um naufrágio na zona de Bulungu, no centro da República Democrática do Congo, informaram hoje autoridades locais à agência noticiosa espanhol EFE.

Segundo um dirigente da província central de Kwilu, na origem do incidente estarão as más condições meteorológicas, as más condições da embarcação e o excesso de carga.

As autoridades da região estão já a preparar os funerais, enquanto equipas de resgate continuam a procurar mais vítimas do naufrágio.

Os naufrágios são frequentes no país, onde decorre o trabalho de regulamentação do transporte fluvial face ao elevado número de embarcações improvisadas, que transportam passageiros sem oferecer garantias.

O último destes incidentes ocorrera a 08 de novembro, quando um barco que cruzava o lago Tanganica, no sudoeste do país, se afundou devido ao excesso de peso e aos ventos fortes, causando pelo menos 22 mortos. (Notícias ao Minuto)

- Publicidade -
- Publicidade -

“O Mali está sob o controlo profundamente cerrado das Forças Armadas”

O Presidente de transição do Mali, nos próximos 18 meses, vai ser o coronel na reserva, Bah N’Daw, auxiliado pelo vice-presidente que é o...
- Publicidade -

Dois policiais são baleados durante protestos em Louisville, nos EUA

Nesta quarta-feira (23), dois policiais foram baleados durante protestos em andamento em Louisville, nos Estados Unidos. As manifestações ocorrem após condenação de apenas um...

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie McCann

O caso Maddie conheceu novos desenvolvimentos no início de Junho, com a identificação de Christian B., 43 anos, um pedófilo reincidente já condenado por...

Chuva deixa destruição na Guiné-Bissau

As chuvas torrenciais que se registaram, nos últimos tempos, na Guiné-Bissau, deixaram marcas de destruição. Da capital, Bissau, ao interior do país, cerca de mil...

Notícias relacionadas

“O Mali está sob o controlo profundamente cerrado das Forças Armadas”

O Presidente de transição do Mali, nos próximos 18 meses, vai ser o coronel na reserva, Bah N’Daw, auxiliado pelo vice-presidente que é o...

Dois policiais são baleados durante protestos em Louisville, nos EUA

Nesta quarta-feira (23), dois policiais foram baleados durante protestos em andamento em Louisville, nos Estados Unidos. As manifestações ocorrem após condenação de apenas um...

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie McCann

O caso Maddie conheceu novos desenvolvimentos no início de Junho, com a identificação de Christian B., 43 anos, um pedófilo reincidente já condenado por...

Chuva deixa destruição na Guiné-Bissau

As chuvas torrenciais que se registaram, nos últimos tempos, na Guiné-Bissau, deixaram marcas de destruição. Da capital, Bissau, ao interior do país, cerca de mil...

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.