- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Trabalhadores da UNACA há 17 meses sem salário

Trabalhadores da UNACA há 17 meses sem salário

Volvidos 17 meses sem salário e sem qualquer pronunciamento plausível da entidade empregadora, seis trabalhadores do quadro efectivo da (UNACA (Confederação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-pecuárias de Angola) em Malanje, mostram-se agastados com a situação e ameaçam paralisar a actividade, caso não forem pagos os ordenados.

Segundo apurou quarta-feira à Angop, para além desses funcionários, 14 outros com categorias de presidentes municipais (colaboradores), não recebem salários desde 2011, alegadamente por falta de verbas.

Em declarações à Angop sobre o assunto, o presidente da UNACA em Malanje, António Inácio Manuel, explicou que desde 2011, o orçamento da instituição passou a ser gerido pelo Ministério da Agricultura, contrariando assim as políticas de descentralização dos salários até então em vigor, que permitia a que fossem pagos pela Delegação Provincial das Finanças de Malanje, o que veio criar transtornos no pagamento dos ordenados.

Referiu que até então, a UNACA, na qualidade de serviço de utilidade pública, tinha autonomia financeira e não atrasava no pagamento de salários, mas a descentralização que ocorreu em 2011 trouxe consigo essa consequência, que também está a afectar negativamente no desenvolvimento da agricultura enquanto actividade que contribui na diversificação da economia.

O responsável explicou que em função disso, os trabalhadores são obrigados a funcionar de forma alternada para que enquanto estiverem de folga poder desenvolver os chamados “biscatos” para sustentar as famílias.

Por sua vez, Pedro da Rosa e Guiomar Fiel, respectivamente vice-presidente e escriturária da UNACA em Malanje, clamam por uma solução urgente por parte do Executivo, porquanto têm encarado inúmeras dificuldades, visto que o atraso salarial já se arrasta há muito tempo, constituindo uma flagrante violação dos direitos dos trabalhadores.

O presidente municipal de Malanje da UNACA, Rafael Gaspar, disse que à semelhança de si, muitos colegas poderão abandonar a instituição nos próximos dias, caso não se inverta o actual quadro.

A UNACA (Confederação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-pecuárias de Angola) foi criada a 6 de Fevereiro de 1990, com a finalidade de orientar e monitorar as actividades dos camponeses, inseridos em associações e cooperativas agrícolas, com vista a alavancar o sector agrário. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -

Manuel Vicente refuta “acusações falsas” e promete analisar uma reacção judicial

O antigo vice-Presidente de Angola considera de falsas as acusações do antigo presidente do Banco Fomento Angola e braço direito de Isabel dos Santos,...
- Publicidade -

Partiu a cantora Juliette Gréco

Faleceu aos 93 anos de idade Juliette Gréco, grande nome da música francesa, a par de outras grandes vozes como Edith Piaf ou Barbara....

Alassane Ouattara considera “provocações” candidaturas de Gbagbo e de Soro

O Presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, que concorre a um terceiro mandato, considerou que as candidaturas do seu antecessor, Laurent Gbagbo, e...

Covid-19: Cuando Cubango regista morte do primeiro e único caso positivo

A província do Cuando Cubango registou, ontem, o primeiro caso positivo, importado do Huambo, que resultou em morte. Das 18 regiões do país, Namibe...

Notícias relacionadas

Manuel Vicente refuta “acusações falsas” e promete analisar uma reacção judicial

O antigo vice-Presidente de Angola considera de falsas as acusações do antigo presidente do Banco Fomento Angola e braço direito de Isabel dos Santos,...

Partiu a cantora Juliette Gréco

Faleceu aos 93 anos de idade Juliette Gréco, grande nome da música francesa, a par de outras grandes vozes como Edith Piaf ou Barbara....

Alassane Ouattara considera “provocações” candidaturas de Gbagbo e de Soro

O Presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, que concorre a um terceiro mandato, considerou que as candidaturas do seu antecessor, Laurent Gbagbo, e...

Covid-19: Cuando Cubango regista morte do primeiro e único caso positivo

A província do Cuando Cubango registou, ontem, o primeiro caso positivo, importado do Huambo, que resultou em morte. Das 18 regiões do país, Namibe...

Em apoio à Charlie Hebdo media franceses apelam a liberdade de expressão

Cerca de uma centena de médias franceses, incluindo jornais, revistas, canais de televisão e estações de rádio publicaram na quarta-feira uma carta aberta para...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.