Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Renato Aragão, o Didi dos Trapalhões, recebe homenagem federal

Condecoração dada ao comediante é da classe Grã Cruz, a mais alta. Além dele, foram homenageadas outras 31 pessoas do universo da cultura

O presidente Michel Temer premiou o ator e humorista Renato Aragão, o Didi Mocó dos Trapalhões, a Ordem do Mérito Cultural, em cerimônia no Palácio do Planalto nesta terça (19).

A condecoração dada ao comediante é da classe Grã Cruz, a mais alta. Além dele, foram homenageadas outras 31 pessoas do universo da cultura.

“Quando eu recebi a notícia pensei que era engano”, afirmou Aragão a jornalistas antes da entrega do prêmio.

O ator negou haver constrangimento em aceitar a homenagem de Temer, um presidente com baixa popularidade, criticado por parte da classe artística – colegas globais de Aragão, como os atores Adriana Esteves e Fábio Assunção e a apresentadora Fernanda Lima, por exemplo, integraram campanha virtual pela aceitação das denúncias contra o presidente que terminaram rejeitadas pela Câmara dos Deputados.

“Eu estou aqui a convite pela cultura, pode ser qualquer presidente”, disse.

Também foram condecorados com a Grã Cruz o diretor José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, o tradutor Ivo Barroso e o ex-ministro da Educação do governo Figueiredo Eduardo Portella, em homenagem póstuma.

O evento, anual, contou com a presença de cerca de 400 convidados no Planalto. O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, afirmou que as políticas do governo Temer têm “encantado milhões de brasileiros e brasileiras”.

“Com suas obras, seus feitos, suas conquistas, vocês [artistas] têm falado ao coração do Brasil, encantando milhões de brasileiros e brasileiras, contribuindo para um país ainda melhor”, afirmou, para em seguida emendar: “É também, senhor presidente, o que o senhor e seu governo estão fazendo”.

“A despeito do tempo exíguo, já logrou o senhor consolidar realizações que constituem sim uma obra e deste modo será reconhecido pela história”, disse. O ministro listou entre os avanços do governo medidas polêmicas, como a reforma trabalhista e a reforma do ensino médio.

O grupo carnavalesco recifense Galo da Madrugada, que foi um dos homenageados, se apresentou para o público de artistas, empresários do setor e ministros.

Na entrega do prêmio 2016, foram homenageadas 36 personalidades do samba, e a cantora Fafá de Belém foi contratada para cantar o hino nacional.

Já em 2015, o principal homenageado do prêmio foi o poeta concretista Augusto de Campo e o prêmio contou com show exclusivo de Caetano Veloso. (Notícias ao Minuto BR)

Com informações da Folhapress.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »