Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Catalunha: Esquerda republicana lidera sondagens a um dia das eleições

As últimas sondagens dão vitória aos independentistas da esquerda republicana (ERC), mas sem conseguir a maioria necessária para assegurar a governação da região.

Catalunha: Esquerda republicana lidera sondagens a um dia das eleições
Joana Almeida
11:42
As últimas sondagens dão vitória aos independentistas da esquerda republicana (ERC), mas sem conseguir a maioria necessária para assegurar a governação da região.

Falta apenas um dia para a Catalunha realizar aquele que é considerado um dos escrutínios eleitorais mais importantes para o país desde o fim da ditadura franquista. As últimas sondagens dão vitória aos independentistas da esquerda republicana (ERC), mas sem conseguir a maioria necessária para assegurar a governação da região.

Desde a passada sexta-feira que as sondagens em Espanha estão proibidas, mas o jornal espanhol ‘El Periódic’ tem ignorado os avisos e continua a publicar diariamente os resultados das pesquisas às intenções de voto. As últimas sondagens apontam para uma ligeira vantagem da esquerda republicana, liderada pelo antigo vice-presidente catalão, Oriol Junqueras, que se encontra na prisão. As projeções antevêem que a ERC, que defende a independência da região, consiga eleger entre 36 a 37 deputados.

Logo a seguir nas sondagens aparecem os liberais centristas do Ciudadanos-Ciutadans, que se opõem ao processo de independência da Catalunha e defendem a sua permanência em Espanha. As sondagens mostram que o partido liderado pela advogada Inès Arrimadas consegue eleger entre 31 a 32 deputados para o Parlamento catalão.

Em terceiro lugar nas sondagens está o partido independentista de Carles Puigdemont, ex-presidente do Governo regional da Catalunha, que se encontra ainda na Bélgica. As sondagens indicam que o partido ‘Juntos pela Catalunha’ (JxCat) vai conseguir nomear entre 26 a 27 deputados.

Segue-se o Partido dos Socialistas da Catalunha (PSC), liderado por Miguel Iceta e ligado ao PSOE espanhol, que defende a ideologia unionista. O partido elege entre 20 a 21 deputados para o Parlamento, segundo as últimas sondagens. O partido Catalunha em Comum (CeC), da esquerda populista, conquista entre 10 a 11 lugares no Parlamento e a Candidatura da Unidade Popular (CUP), de extrema-esquerda, elege entre 5 a 6 deputados.

Já o Partido Popular do chefe do Executivo espanhol, Mariano Rajoy, é o partido com menos intenções de voto, de acordo com a sondagem, conquistando apenas entre 4 a 5 deputados.

Para as eleições autonómicas convocadas pelo Governo espanhol na Catalunha são chamados a votar cerca de 5,2 milhões eleitores, sendo estimada uma participação a rondar os 80%. As eleições foram convocadas em outubro, depois de Madrid ter dissolvido o Parlamento da Catalunha e destituir o Executivo regional presidido por Carles Puigdemont. (Jornal Económico)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »