- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Associação Mãos Livres ajuda cidadãos a resolver conflitos por via extra-judicial

Associação Mãos Livres ajuda cidadãos a resolver conflitos por via extra-judicial

Vinte e três conflitos sociais de natureza cível foram resolvidos, este ano, pela Associação de Juristas e Jornalistas de Defesa dos Direitos Humanos e da Cidadania (Mãos Livres), na província do Huambo, por via extra-judicial.

Em declarações à Angop, o coordenador local da associação, Martinho Tchissingui, informou que estes conflitos caracterizaram-se por litígios laborais, posse de terras, fuga à paternidade, maternidade, abandono do lar, a não prestação de alimentos por parte dos progenitores, divórcio e demais divergências familiares.

Também este ano, disse terem sido encaminhados para o tribunal provincial 11 conflitos de natureza criminal, relacionados com homicídio, furto, assaltos e burla, tendo merecido, igualmente, o patrocínio judicial por parte dos advogados da Mãos Livres.

Martinho Tchissingui deu a conhecer, ainda, que este ano 386 cidadãos consultaram sobre o andamento dos seus processos no escritório da associação e 266 solicitaram esclarecimento sobre questões jurídicas e do funcionamento da instituição.

A associação realizou 52 visitas ao estabelecimento prisional do Cambiote, com a finalidade de promover a reeducação dos reclusos, através de palestras de sensibilização da população penal sobre as boas condutas sociais e aspectos atinentes à prisão preventiva, amnistia e diversas disposições legais do ordenamento jurídico.

Presente na província do Huambo desde 2002, a associação Mãos Livres funciona com dois técnicos de investigação e determinação de factos, três advogados e um administrativo. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...
- Publicidade -

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Notícias relacionadas

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.