Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Malanje necessita de 211 médicos de medicina geral

Pelo menos duzentos e 11 médicos gerais são necessários para preencher o quadro do capital humano e melhorar a assistência sanitária nos catorze municípios da província de Malanje.

A informação foi avançada hoje (terça-feira) à Angop, pelo director provincial da Saúde, Avantino Sebastião, quando falava sobre o ponto de situação nos hospitais da província, tendo frisado que este número será o mínimo para colmatar a demanda nas unidades sanitárias.

Precisou que 211 médicos de medicina geral não seria suficiente para dar cobro a problemática da saúde, mas ajuda apenas a minimizar a constante procura pela assistência na cidade de Malanje, uma vez que a província conta com apenas 70 médicos expatriados e 71 nacionais, cifra que não satisfaz as exigências dos serviços humanizados de saúde.

“Todos os dias, por toda a província, mais de 200 crianças e adultos acorrem às unidades sanitárias, o que pressupõe que cada médico muitas vezes tem de atender 30 crianças e adultos ao dia, o que é desgastante, pelo que o aumento de médicos, já minimiza situações básicas da saúde,” frisou.

De acordo com o responsável, a meta para o ano de 2018, é melhorar cada vez mais a saúde da população, por forma a garantir que as famílias malanjinas tenham saúde forte e suficiente para encarar o futuro com confiança e evitar que se propaguem as doenças e mortes.

Para tal, apelou a todos os actores da sociedade, a participar de forma activa nos actos básicos de higiene, limpeza dos charcos de água e pneus, remoção de resíduos sólidos, bem como o uso constante do mosquiteiro, repelentes e inseticidas, de modo a prevenir as doenças mais frequentes no país como a malária, febre tifoide e diarreias aguda.

De recordar que a província de Malanje, tem vindo a registar enchentes constantes nos hospitais, com doenças endémicas, por conta da chuva que cai frequentemente sobre a província. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »