Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Alguns indícios de que o gato pode estar com câncer

Câncer é uma das doenças mais devastadoras, não só em humanos, mas também em animais. As células dos bichinhos passam a se reproduzir descontroladamente, criando tumores que causam dor, atrapalham o bem-estar e influenciam diretamente o funcionamento dos órgãos. Infelizmente, ainda não se sabe muito sobre como prevenir a doença, mas, diagnosticando o mais breve possível, as chances de tratamento aumentam consideravelmente.

Os tipos de cânceres mais comuns nos felinos são o de pele, linfoma – câncer que atinge os linfonodos e costuma se espalhar pelo resto do corpo – e mama, nas gatas. Gatos sem pelo (Sphynx) precisam de mais cuidados ainda no que diz respeito ao câncer de pele. Por sofrerem mais exposição ao sol, essa espécie precisa de protetor solar antes de saírem para brincar a luz do dia. Gatos de pelagem branca também são mais suscetíveis a este tipo de câncer, pois o pelo branco não oferece tanta proteção contra o sol como pelagens de outras cores. Para esses animais, recomenda-se uso do protetor solar, principalmente no nariz e nas orelhas – esses produtos são facilmente encontrados em pet shops.

O diagnóstico da doença é feito com diversos exames e, em animais torna-se mais complicado, já que, normalmente, eles só manifestam alguma reação de desconforto quando as dores já estão mais agudas. Nesse caso, o câncer pode encontrar-se em um estágio mais avançado ou terminal.

Os tutores devem ficar atentos a qualquer tipo de alteração na rotina e comportamento de seus pets:

Protuberâncias ou áreas inchadas

Caso o gato tenha um nódulo, não significa necessariamente que ele tenha contraído câncer, entretanto só é possível constatar isso com exame físico. Portanto, o veterinário precisa investigar seu aparecimento e ver se será preciso realizar biópsia ou exames de prevenção.

Problemas no trato gastrointestinal

Vômitos, diarréias ou até dificuldades em urinar e defecar são sinais de que algo está errado. É importante notar também se o animal está com o abdômen inchado ou distendido, pois isso poderá ser um sinal de acúmulo de secreções anormais.

Mau cheiro em todo o corpo

O mau cheiro pode se apresentar não somente em quaisquer partes do corpo do bichano. Esse é um sintoma que exige ação imediata, pois pode ser um dos indícios de que o pet esteja com início de câncer.

Perda repentina de apetite ou peso

Perda de peso constante, dentre outros sintomas, pode ser um sinal de alerta, assim como a perda de apetite. Leve o gatinho a uma consulta veterinária e fale com um profissional a respeito de quanto tempo o problema está acontecendo.

Problemas respiratórios

Caso o gatinho apresente tosse ou sua respiração fora do normal, pode ser indício de um problema cardíaco, no pulmão ou pior, um câncer, já que este pode se espalhar pelos pulmões – processo conhecido como metástase, o que dificulta muito o tratamento. Por conta disso é super importante levar o gato ao veterinário, para saber o que pode estar acontecendo.

Alterações no comportamento

Se o seu bichano está apresentando um comportamento diferente, está dormindo muito mais do que o normal, não brinca, está agressivo ou indisposto, é importante ficar atento, pois é um sinal de que algo está errado com o bichinho.

Irritações na pele, ou sujeira no pelo

Gatos são animais muito limpos por natureza, e estão sempre lambendo seus pelos, ou seja, pelagem suja ou irritações são, também, sinais de alerta.

Esses são alguns sinais de que algo não está normal com a saúde de um gato. Para confirmar um diagnóstico de câncer, é necessário consultar o veterinário para ele fazer uma avaliação completa e indicar o melhor tratamento. Animais com câncer, assim como seres humanos, passam por quimioterapia, radioterapia e tratamentos medicamentosos, e, dependendo do estágio das células cancerígenas, é possível esperar uma recuperação completa.

Hoje existem até mesmo clínicas veterinárias especializadas em tratamento de câncer, com equipes multidisciplinares voltadas para a saúde e bem-estar dos pacientes, então, é essencial que os tutores, ao perceber mudanças no comportamento e no físico de seus bichinhos, os levem para uma consulta veterinária o quanto antes.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »