- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Raríssimas: Ministro Vieira da Silva é ouvido hoje no Parlamento

Raríssimas: Ministro Vieira da Silva é ouvido hoje no Parlamento

O ministro do Trabalho, Segurança Social e Solidariedade, Vieira da Silva, vai ser ouvido hoje no parlamento sobre o caso Raríssimas.

A comissão de Trabalho e Segurança Social aprovou na quarta-feira por unanimidade um requerimento do PS para que o ministro Vieira da Silva preste esclarecimentos sobre o caso relativo a suspeitas de gestão danosa na Associação Raríssimas.

Na quinta-feira, a audição acabou por ficar marcada para hoje às 15.30.

O PSD tinha exigido ouvir as explicações de Vieira da Silva no parlamento sobre o caso Raríssimas até sexta-feira passada, considerando que o Governo não deveria ir de fim de semana “deixando este manto de suspeição avolumar-se”.

Vieira da Silva foi vice-presidente da assembleia-geral da Raríssimas entre 2013 e 2015, função no âmbito da qual aprovou as contas da associação.

O ministro pediu, entretanto, uma auditoria às contas da Raríssimas para verificar “se do lado do Estado houve alguma fragilidade”.

Uma reportagem divulgada em 09 de dezembro pela TVI deu conta de alegadas irregularidades nas contas da Raríssimas, tendo apresentado documentos que colocam a agora ex-presidente da associação, Paula Brito e Costa, como suspeita de utilizar fundos da Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) para fins pessoais.

Entre as irregularidades apontadas, conta-se a compra de vestidos de alta costura, de bens alimentares caros e o pagamento de deslocações, apesar de ter um carro de alta gama pago pela Raríssimas. Além disso Paula Brito e Costa terá também beneficiado de um salário de três mil euros, de 1.300 euros em ajudas de custos e de um Plano Poupança Reforma que rondava os 800 euros mensais.

A TVI avançou ainda que o agora ex-secretário de Estado da Saúde Manuel Delgado colaborou com a associação como consultor em 2013 e 2015.

Na terça-feira passada tanto Paula Brito e Costa como Manuel Delgado apresentaram a demissão dos cargos. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Espanha notifica mais de 11 mil novos casos e 177 mortes

O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, 11.016 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais, de acordo com os meios de...
- Publicidade -

Elefantes agora estão a morrer no Zimbabwe devido a uma bactéria que provoca abundantes hemorragias internas

Depois de ter sido clarificado que mais de 300 elefantes morreram no Botswana devido a uma cianobactéria, que se reproduz especialmente rápido em charcos...

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Notícias relacionadas

Covid-19: Espanha notifica mais de 11 mil novos casos e 177 mortes

O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, 11.016 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais, de acordo com os meios de...

Elefantes agora estão a morrer no Zimbabwe devido a uma bactéria que provoca abundantes hemorragias internas

Depois de ter sido clarificado que mais de 300 elefantes morreram no Botswana devido a uma cianobactéria, que se reproduz especialmente rápido em charcos...

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Comissão de Reforma da IURD condena e se demarca da falsificação de documentos

A Comissão de Reforma da Igreja Universal em Angola demarcou-se recentemente de actos de irregularidade na tramitação do processo para a certificação da sua...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.