- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Cabinda: Detidos 29 activistas de direitos humanos, denuncia Arão Tempo

Cabinda: Detidos 29 activistas de direitos humanos, denuncia Arão Tempo

Arão Tempo acusa o governo angolano de discriminar a população de Cabinda.

Vinte e nove activistas foram detidos, hoje, 16, em Cabinda, quando se mobilizavam para iniciar uma manifestação contra a violação dos direitos humanos, assassinato de civis, corrupção e degradação social.

Arão Bula Tempo, coordenador da campanha, confirma a detenção dos activistas, em entrevista ao nosso correspondente naquela região.

As pessoas foram detidas sem nenhum mandado de captura, diz Tempo.

“Neste momento, há polícia por todo o lado à caça de activistas. Alguns activitas foram torturados,” denuncia Tempo.

Ele acusa o governo angolano de discriminar a população de Cabinda ao impedir a manifestação.

“Não se pode compreender que em Luanda e noutras províncias de Angola são concedidos esses direitos de cidadania, e em Cabinda não se pode manifestar”, reclama o activista.

Para ele, “o problema é a identidade do povo de Cabinda, é o subdesenvolvimento de Cabinda”.

Apesar da repreensão, Tempo diz que nada tem a temer, porque tem na “consciência que o povo tem aspirações de ter a sua autodeterminação, a sua identidade”.

Mas questiona: “Se nos podem prender por causa de uma manifestação o que é que não é possível para esta gente?” (Voa)

- Publicidade -
- Publicidade -

Mali: Bah N’Daw nomeado presidente de transição

O ex-ministro da Defesa Bah N’Daw foi hoje nomeado oficialmente para o cargo de presidente de transição. A cerimónia de tomada de posse está...
- Publicidade -

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro sanitário nacional registou, até às 19 horas desta segunda-feira, mais 126 novos casos, dois óbitos e quatro recuperações. No grupo dos 126 novos...

Caso 900 milhões: Carlos São Vicente conhece hoje as suas medidas de coação na PGR

O empresário Carlos São Vicente, suspeito de crime de branqueamento de capitais e peculato, depois de ter visto congelada uma conta sua na Suíça,...

Benguela: Ex-directores do governo provincial condenados

O Tribunal Provincial do Uíge condenou, ontem, Jaime Yamba, ex-director de gabinete do antigo governador Pinda Simão,a quatro anos e seis meses de prisão...

Notícias relacionadas

Mali: Bah N’Daw nomeado presidente de transição

O ex-ministro da Defesa Bah N’Daw foi hoje nomeado oficialmente para o cargo de presidente de transição. A cerimónia de tomada de posse está...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro sanitário nacional registou, até às 19 horas desta segunda-feira, mais 126 novos casos, dois óbitos e quatro recuperações. No grupo dos 126 novos...

Caso 900 milhões: Carlos São Vicente conhece hoje as suas medidas de coação na PGR

O empresário Carlos São Vicente, suspeito de crime de branqueamento de capitais e peculato, depois de ter visto congelada uma conta sua na Suíça,...

Benguela: Ex-directores do governo provincial condenados

O Tribunal Provincial do Uíge condenou, ontem, Jaime Yamba, ex-director de gabinete do antigo governador Pinda Simão,a quatro anos e seis meses de prisão...

Bolsonaro passa por exames médicos em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro esteve nesta segunda-feira, 21, no serviço médico do Palácio do Planalto, onde realizou exames pré-operatórios para a cirurgia de retirada...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.