Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

PR da Guiné-Bissau rejeita solução externa aos problemas políticos do país

O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, disse hoje que não permitirá quaisquer soluções externas para a resolução da crise política no país e pediu que todos os guineenses se lhe unam para encontrar uma saída.

De partida para a conferência de líderes da Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO) a ter lugar, sábado na Nigéria, José Mário Vaz, disse aos jornalistas que viaja com “ideias claras” sobre o que vai transmitir aos seus homólogos.

“Vamos participar nesta conferência de chefes de Estado da CEDEAO com a nossa posição clara: Tudo o que possamos dizer lá fora é de que a solução aos nossos problemas tem que partir dos próprios guineenses e cá dentro”, observou José Mário Vaz.

Expressando-se em crioulo, para passar melhor a mensagem, como o próprio admitiu, o líder guineense afirmou que não vai “permitir a internacionalização das soluções aos problemas” da Guiné-Bissau.

Antes da cimeira de líderes da CEDEAO, José Mário Vaz toma parte, na sexta-feira, numa reunião, também na Nigéria, com todos os signatários do Acordo de Conacri, instrumento político patrocinado pela organização sub-regional com o qual esperava acabar com a crise política na Guiné-Bissau.

Para anteceder aquela reunião, José Mário Vaz lamentou que alguns subscritores do Acordo de Conacri, nomeadamente os líderes do PAIGC, Domingos Simões Pereira, e do parlamento, Cipriano Cassamá, tenham faltado a um encontro que queria promover, em Bissau.

Quanto à crise política que dura há cerca de três anos, o Presidente guineense defendeu que, embora tenha causado “muitos males” ao país permitiu que aos cidadãos saberem o que cada um dos líderes pode fazer para o país. (Diário de Notícias)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »