Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

País está diversificar economia para aumentar produção

O governador provincial do Bengo, João Bernardo de Miranda, afirmou nesta quinta-feira, na comuna de Canacassala, município de Nambuangongo, que o actual contexto do país resume-se no aumento da produção e diversificação da economia, por forma melhorar das condições de vida das populações.

João Miranda fez este pronunciamento às comunidades da cooperativa agro-pecuária “Campos Kimangumbo”, por ocasião da visita de trabalho de dois dias do ministro dos Antigos Combatentes Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos à província do Bengo.

Explicou que o ministro escolheu primeiro o Bengo, porque para ele, não fazia sentido, começar a visitar as outras províncias sem pisar antes o solo daqueles percursores que deram continuidade aos acontecimentos de 4 de Fevereiro de 1961.

Segundo João Miranda, os que deram continuidade destas ocorrências do início da luta armada foram os compatriotas da 1ª Região Político-Militar, actual província do Bengo, razão principal para o ministro dos ACVP priorizar na sua agenda a visita a esta circunscrição para constatar as cooperativas dos antigos combatentes.

Na cooperativa agro-pecuária “Campos Kimangumbo”, visitada pelo ministro, foram cultivados 2.050 hectares de terra, e espera-se uma colheita de 24 mil toneladas de produtos diversos, segundo informou o presidente da agremiação, José Fernandes Campos.

Os principais produtos cultivados nesta cooperativa são a mandioca, banana, milho, inhame, batata-doce, laranja, tangerina, ginguba, limão, ananás, abacate entre outros.

O responsável disse que a falta de transporte tem contribuído na deterioração de diversos produtos, sobretudo, a banana, abacate, laranja, tangerina e limão.

Apontou o problema de pensionistas, instrumentos agrícolas e transporte para escoar os seus produtos do campo para a cidade como as principais dificuldades, tendo sublinhado que três elementos na cooperativa beneficiam de pensões dos antigos combatentes. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »