Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Hamas assinala 30.º aniversário com concentração de milhares

Vários milhares de palestinianos concentraram-se hoje na cidade de Gaza para assinalar o 30.º aniversário da criação do Hamas, o grupo radical islâmico que controla o território.

Autocarros trouxeram homens, mulheres e crianças com bandeiras verdes do Hamas ou lenços verdes para a praça Al-Katiba.

A manifestação acontece numa altura difícil para o Hamas, que 10 anos depois de passar a controlar a faixa de Gaza, expulsando a Fatah (secular e dirigida pelo presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas), se viu obrigado a procurar a reconciliação com este movimento rival.

Os responsáveis, segundo o Hamas, foram o bloqueio israelita e egípcio das fronteiras do enclave, a falta de apoio das nações árabes e islâmicas, uma taxa de desemprego de 43% e os paralisadores apagões.

A aplicação do acordo de reconciliação Hamas-Fatah, mediado pelos egípcios e assinado a 12 de outubro, tem sido lenta.

A aviação israelita bombardeou hoje três posições do Hamas, na faixa de Gaza, em resposta a projéteis lançados na quarta-feira à tarde contra Israel, anunciaram as forças armadas.

As milícias palestinianas dispararam granadas de morteiro a partir de Gaza para território israelita, um dos quais caiu sem causar danos e outros dois que foram intercetados.

Desde que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu Jerusalém como a capital de Israel, as milícias palestinianas lançaram vários projéteis a partir de Gaza, tendo o exército retaliado com bombardeamentos contra alvos do movimento islamita. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »