InicioMundoÁsiaCoreia do Norte diz que bloqueio naval seria "acto de guerra" e...

Coreia do Norte diz que bloqueio naval seria “acto de guerra” e promete “medidas impiedosas”

A Coreia do Norte advertiu nesta quinta-feira que irá tomar medidas “impiedosas de autodefesa” se os Estados Unidos impuserem um bloqueio naval, que Pyongyang vê como “um ato de guerra”, informou a mídia estatal norte-coreana.

Citando um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, a agência de notícias KCNA disse que um bloqueio naval seria uma “violação arbitrária” da soberania e dignidade do país.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está a tomar um “passo extremamente perigoso e grande em direção à guerra nuclear” buscando tal bloqueio, disse. Não ficou claro a qual proposta dos Estados Unidos a agência estava se referindo.

“Se os Estados Unidos e os seus seguidores tentarem impor o bloqueio naval contra o nosso país, nós veremos isso como um ato de guerra e responderemos com contramedidas impiedosas de autodefesa, como temos advertido repetidamente”, disse a agência. (Reuters)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.